• Profissionais
  • Fórum
  • Artigos
  • Quem somos
  • Fale conosco
  • Parceiros
  • Anuncie aqui!


  • Não é cadastrado
    ainda?

  • Criar uma conta
  • Acesse a sua conta

  • UM PÉ NA PRODUÇÃO – Parte 1 - Roadie Brasil
    Início » Roadie Brasil » UM PÉ NA PRODUÇÃO – Parte 1

    UM PÉ NA PRODUÇÃO – Parte 1

    Confira a primeira parte do artigo!

    Olá, meu nome é Flavinha Pestana e sou produtora de bandas e eventos há 12 anos. Comecei fazendo produção executiva de bandas, sem saber direito do que se tratava. Estava terminando minha pós-graduação em Gestão de Eventos, onde tive meu primeiro contato com termos como palco, backstage, input list, rider técnico, room list, etc… Mas uma coisa é entender o conceito, outra é a prática, e há 12 anos não existiam cursos e bibliografia que pudessem me orientar como produzir. A gente aprendia ‘na porrada’: pegando dicas bacanas e furadas, acertando, errando, entrando em uma emboscada atrás da outra, e foi aí que fui entendendo que produção é paixão, porque se não gostar do que faz, não tem como ir à diante. Então, para meu primeiro post no Roadie Brasil resolvi elaborar sete diquinhas de como começar a produzir bandas e eventos ou até mesmo como adquirir conhecimento que pode ajudar a mudar de cargo, então, espero que vocês gostem:

    1) Informe-se

    Informação é poder! Aprendi essa máxima nos primeiros períodos da faculdade de Relações Públicas e aplico na minha vida o tempo todo. Leia, pesquise, procure estudar o mercado de produção: antes de começar a trabalhar, se informe. Hoje a internet é um campo ilimitado de informações, e como ‘o céu é o limite’, arregace as mangas e vá atrás do máximo de informação disponível sobre a área escolhida, pesquise as inúmeras possibilidades existentes dentro do Show Business. Cada banda monta uma estrutura, cria cargos e contrata os profissionais que julga necessários para mover sua engrenagem, eis alguns dos cargos que eu já vi: Administrativo, Agenda (faz parte do departamento comercial), Analista de Mídias Sociais, Assessor de Imprensa, Assessor Pessoal, Brigadista/Socorrista (geralmente é um produtor ou segurança multiespecialista), Carregador, Cenógrafo, Centras de Atendimento aos Fãs, Comercial, Empresário, Financeiro, Fotógrafo, Gestor de Carreira, Iluminador, Investidor, Jurídico, Logística de Carga, Logística de Transportes, Manager, Merchandising, Montador, Músico, Produtor Artístico, Produtor Executivo, Produtor Musical, Produtor Técnico, Segurança, Roadie, Técnico de Som, etc… Ache uma função com a qual se identifica e busque na internet (blogs, Facebook, Google Plus, Instagram, Snapchat, Youtube, Tumblr, Twitter, etc…) toda a informação disponível sobre ela (vale tudo: comentários, posts, reportagens, textos, tutoriais…) e o que profissionais que já atuam no mercado têm a dizer. Vá a passagens de som, converse com os profissionais, pergunte o que eles acham do mercado e se têm alguma dica que podem compartilhar.

    2) Prepare-se

    Depois de levantar todas as informações sobre o mercado, VAI ESTUDAR!!! Faça cursos de produção ou da área que você escolheu. Hoje existem possibilidades presenciais e virtuais que cabem no bolso de todo mundo, é uma oportunidade de aprender, conhecer gente que já trabalha no mercado, ter acesso a dicas e informações que poderão te salvar diante a alguma situação difícil e até fazer com que você se destaque. Já existem diversos artigos e livros sobre produção de bandas e todas as áreas que circundam o nosso singelo mercadinho, na época que eu estava começando a gente ‘aprendia na porrada’, hoje vocês têm um montão de informações mastigadinhas e quem quer estar um passo à frente, estuda.

    3) Aproveite as oportunidades (Aumente seu networking)

    No mundo real ninguém começa a trabalhar na empresa que sempre quis, com um cargo alto e o salário dos sonhos (até tem uns raros ‘peixes’, mas esse post não é sobre eles, então vamos esquecê-los)… Se for isso que você pensa, está na hora de rever este ponto! Tudo na vida precisa ser conquistado, seu nome precisa ser feito e isso só vêm através de muito trabalho. Produtor é cargo de confiança, tem acesso a informações privilegiadas e sigilosas, então não pode ser qualquer pessoa, não é mesmo? Então não tenha vergonha de começar de uma função mais simples ou operacional, lembre-se que sem equipe não tem show e cada função é importante e preciosa. Um bom gestor é aquele que conhece cada função desempenhada pelos membros da sua equipe, aproveite toda oportunidade para construir uma relação com cada profissional, entender sua função, aprender o que ele tem para ensinar. Vai rolar um evento na sua cidade? Entre em contato com a produção do evento ou da banda e tente marcar uma VT (visita técnica) durante a montagem e/ou passagem de som, sempre há uma boa alma para te guiar e esclarecer algumas coisas, se apresente, conheça pessoas, troque telefones, amplie seu networking (rede de relacionamentos). Voluntariado também pode ser uma opção bem legal para quem não tem experiência e quer começar a trabalhar na área, em alguns sites de grandes eventos e produtoras é possível se cadastrar para as vagas de apoio, mas não se limite apenas à internet, à medida que for conhecendo pessoas troque cartões, se ofereça para ser voluntário.   Para não ficar muito cansativo, resolvi dividir este post em dois, as próximas dicas seguem no “Um Pé na Produção – Parte 2”.

    QUEM ESCREVEU ESTE ARTIGO?

    Flavinha Pestana

    Olá, meu nome é Flávia e sou Produtora de Bandas e Eventos (principalmente os eventos artísticos e corporativos) há 12 anos. Como Produtora de Bandas estive em projetos mineiros de pequeno e médio porte como Bruno Lopes, Fred & Geraldinho, Mania de Toalha, Manitu, Treme Terra, etc... Já como Produtora de Eventos tive a oportunidade de trabalhar com alguns dos grandes nomes da música Alcione, Amado Batista, Arlindo Cruz, Bell Marques, Beth Carvalho, Biquíni Cavadão, Apple Gabriel, Cláudia Leitte, Don Carlo, Elba Ramalho, Ivete Sangalo, Jerry Lee Lewis, João Bosco & Vinícius, Jorge Aragão, Jota Quest, Living Colour, Lucas Lucco, Luan Santana, Lulu Santos, Maria Rita, Molejo, Monobloco, Nando Reis, Nenhum de Nós, O Teatro Mágico, Zeca Baleiro, Zezé di Carmargo & Luciano.

    CATEGORIAS
  • Bandas (1)
  • Primeiros passos de um Roadie (2)
  • Roadie Brasil (3)







  • Comentários